Podcasts: Curso Online Neuro da Meditação

Aula 1 - Apresentação do curso: Apresentação do novo curso gratuito em podcast com as ementas e o conteúdo programático que será abordado nas próximas aulas. Um convite a você se aventurar nesta viagem sobre o que acontece quando não há mais nada a acontecer. Sejam bem-vindos!

Aula 2 - Anatomia e Fisiologia do SN: Descrevo aqui basicamente a divisão do sistema nervoso (SN): Central e Periférico e suas subdivisões (Autônomo: simpático e parassimpático e Somático). Abordo também a anatomia e fisiologia do neurônio (polarização, hiperpolarização e despolarização), e finalizo, já preparando para a próxima aula, o Potenciação de Ação neuroral.Aula importante, apesar de mais biológica por assim dizer, mas vem com o tio que vai dar certo. Confia!

Aula 3 - Engramas e Mapeamento Cerebral: Nesta aula abordamos o conceito teórico de engramas e damos um primeiro passo para a compreensão posterior do mapeamento cerebral. Este início mais teórico tem olhos às aulas futuras em que introduziremos as regiões encefálicas envolvidas na prática meditativa; por isso agora, é importante, mais do que "decorar" o que falo, "compreender" as entrelinhas. Não somos ainda até aprendermos sozinhos, mas sobretudo, com os outros. E aprendido, nunca mais se "perde" essa memória, seja motora ou emocional (mental, imaginária). Desse modo, sabemos que o mundo nos chega (pela ótica da ciência) pelos sentidos.

Aula 4 - Eixo do Estresse e o conceito de Homeostase: Nesta aula abordamos a fisiologia do eixo do estresse e as suas fases. Dialogamos também sobre o conceito de homeostase e a relação de estresse, doença e sistema imunológico. Além disso, finalizamos já preparando para as próximas aulas de cunho mais filosófico e social; entre estresse físico ou empírico (calor, frio, fome e sede por exemplo) e o estresse mental ou subjetivo (das ficções que criamos sobre nós mesmos e o ambiente em que nos rodeia, como falta de grana ou ser corno): a resposta do estresse a secreção do hormônio cortisol nos acomete da mesma maneira, pois o corpo não diferencia entre um potencial perigo (agente estressor) materialmente constituído ou mentalmente erigido.

Aula 5 - A Alma, a Mente e o Corpo: Perspectivas dualistas e monistas: Nesta aula apresentamos três perspectivas sobre a relação mente e corpo que serão importantes para as discussões posteriores. Dialogamos aqui sobre a perspectiva dualista de mundo, sobretudo Platônica e sua relação com o cristianismo e yoga a espera de um mundo ideal, seja ele o Paraíso, Nosso Lar ou o Nirvana ou Kaivalya. Depois abordamos a perspectiva monista, sobretudo de Spinoza e sua relação com o Deus que é parte de nós. E, por último, a perspectiva epifenomenalista, sobretudo Nietzsche e a busca não pela "essência" em nós, mas sobre o que decidimos ser.

Aula 6 - Neurofisiologia da Meditação: História da meditação: Nesta aula abordo sucintamente um pouco da história do yoga/meditação (considero-os aqui como sinônimos) para que tenhamos ciência das adaptações e constâncias que esta prática sofreu de 5000 aC até os nossos dias. Abordo Yoga Sutras com um pouco mais de ênfase para descrever o objetivo de Patanjali (autor desse texto basilar que sistematiza pela primeira vez o que venha ser a meditação. Depois o período medieval com os Nathas e o surgir de um yoga mais "popular", o hatha-yoga. No período moderno o yoga encontra o Ocidente e se transforma mais uma vez.

Aula 7 - Neurofisiologia da Meditação: Yoga Moderno:

Nesta aula apresento o contexto cultural, social e político que torna possível emergir uma nova fase do yoga e da meditação na Índia, o denominado Yoga Moderno. Moderno, não pois tecnológico ou "melhor", mas pois nasce na modernidade e se distingue de suas fases anteriores. Há novas influências que irão culminar com a ida o yoga e, portanto, de sua principal prática, a meditação, ser inserida em laboratórios de pesquisa biomédica pelo mundo. E, com isso, elevar a cultura indiana desvalorizada em seu período de colonização inglesa. Confere lá e comente.

Aula 8 - Neurofisiologia da Meditação: Yoga e Meditacao na Ciência: Nesta aula discorremos sobre as primeiras pesquisas realizadas com o yoga e a meditação nos laboratórios de fisiologia do mundo. Sempre alinhavando a descrição fisiológicas com as implicações sociais (e vice-versa) do yoga no mundo, demonstro que o principal objetivo do yoga e a meditação se mostrarem mais "lógicos" e "científicos" é legitimar o seu sistema espiritual em um saber dominante na cultura ocidental que os líderes espirituais indianos se defrontam agora. Há uma ressignificação simbólica da doutrina à luz da linguagem biomédica. Essa estratégia se demonstrou ser altamente benfazeja no seu caráter proselitista mas, ambivalentemente, tem conduzido uma certa "obsessão" pela matéria em detrimento a alma.

Aula 9 - O começo de tudo: Nesta aula iniciamos assim, o primeiro passo na descrição da neurofisiologia da meditação propriamente dia. Dialogamos sobre a definição operacional de meditação e o que ocorre no seu cérebro quando se inicia o "foco da atenção" em um "ponto só". Confira, é instigante e divertido aprender um pouco mais de nós mesmos.

Aula 10 - Meditação e Estresse: Nesta aula descrevo as implicações da prática meditativa no aumento da espessura de áreas específicas do cérebro, bem como a influência da meditação na clássica resposta de estresse. Com a diminuição dos estímulos sensorias via tálamo, há uma menor produção e secreção cortisol. Saiba como e as implicações dessa resposta neurofisiológica nas narrativas do ioga contemporâneo e biomedicina ocidental.

Aula 11 - Hormônios e Estresse: Uma aula curta aonde descrevo os três principais neurotransmissores (Beta-endorfina, Dopamina e Serotonina) e um hormônio (Melatonina) e seus mecanismos de ação.

Aula 12 - Meditação Alucinógena: Esta é a última aula do nosso curso online. Apresentamos aqui a relação enzimática do neurotransmissor glutamato e do N-acetil-aspartil-glutamato (NAAG), potente alucinógeno, que possui ação endógena no processo meditativo de longa duração. Além disso, concluímos provocando questionamentos sobre as narrativas religiosas/espirituais advindas de rituais contemplativos. Por último, trazemos à tona o papel da ciência biomédica como legitimador de novas narrativas, mas também de fomentador de mudança de paradigma da medicina convencional "ocidental".
Ouça, reflita e pensemos juntos.