1. Yogaterapia de José Hermógenes de Andrade

Atualizado: há 2 horas



Biografia:

O Prof. Hermógenes foi um capitão da reserva do exército brasileiro que aos 35 anos de idade, em 1955, foi diagnosticado com tuberculose. Hermógenes dedicou-se, durante todo o repouso obrigatório para o tratamento, a ler, relaxar, meditar, autossugestionar-se e obter diversas experiências espirituais a partir das práticas de seu yoga ou Yogaterapia. Sempre houve uma forte sinergia entre o catolicismo, o espiritismo kardecista, o esoterismo e a medicina holista no yoga hermogeano por assim dizer (Cf. SIMÕES, 2020).

Em 1960, Hermógenes lança o seu primeiro livro - Autoperfeição com Hatha Yoga -, e em 1962, abre a Academia Hermógenes, espaço em que comercializava aulas práticas de seu yoga, além de workshops sobre seu método de yoga. Como não existia literatura sobre yoga no Brasil na época e muito menos líderes-referência por qualquer instituição indiana nesse período que pudesse autorizar ou desautorizar quem fosse yogue ou não, as suas primeiras leituras foram as obras Sport et Yoga, de Selvarajan Yesudian e Elisabeth Haich e The Yoga System of Health and Relief from Tension, de Yogi Vithaldas (SANCHEZ, 2014, pp.35). Estas, são todas literaturas carentes de discussões filosóficas mais aprofundadas sobre as escrituras sagradas do yoga; mesmo assim, alicerçaram Hermógenes na aplicação prática do yoga em repercussão à saúde e o método que desenvolve, o Yogaterapia, ainda hoje, é bastante popular no Brasil como uma forma holística de prevenção e cura.

E nas palavras dele mesmo:

Desejo tirar de você a ansiedade por curar-se depressa, mostrando o andamento da libertação. A cura demasiado rápida, em muitos casos, é

ilusória. Não pretendo para você uma frustradora pseudocura. O que realmente lhe convém é cada vez uma dose maior de sattvidade [o estado

clareza espiritual proclamado pelo Yoga], de paz, de integração de si mesmo e maior penetração nos planos mais divinos de seu ser. (HERMÓGENES, 2011, pp.81)

Prof.Hermógenes falece no início de 2015, aos 94 anos de idade, por falência múltipla dos órgãos depois de anos lutando contre o Mal de Parkinson, deixando seu legado metodológico yogaterapêutico nas mãos de seu neto, assim como Academia (de yoga) Hermógenes.

Influências:

Além do cristianismo, Hermógenes estabeleceu um vínculo de discipulado tardio ao guru indiano Sai Baba, tornando-se o principal difusor da mensagem do mestre no Brasil e em Portugal durante a sua vida. Na biografia sobre Hermógenes, inclusive, buscando reforçar uma certa hagiografia dele, relata-se o aparecimento da silhueta de Sai Baba por trás do yogue brasileiro (CARUSO, 2012, pp. 95). Relatos sobrenaturais como esse são bastante comuns na cutura brasileira para legitimar a santidade de alguém, mas esse dado extraordinário não é o único em sua biografia. Há ainda o registro de uma carta psicografada através do maior médium brasileiro, Chico Xavier, pelo espírito Bezerra de Menezes, endereçada a Hermógenes, confirmando ainda mais seu caminho yoguico de profunda espiritualidade: “que o seu trabalho tem a ajuda de uma elevada equipe espiritual de apoio”, diz o espírito desencarnado dando autoridade moral ao yogaterapia do Prof.Hermógenes no Brasil (Cf. SIMÕES, 2020).

Para reforçar seu lado de aproximação com o mundo espiritual, um outro espírita também conhecido no Brasil, Divaldo Franco, acompanha e ajuda a legitimar Hermógenes como uma espécie de santo do yoga no Brasil. Essas e outras referências e narrativas ajudaram gabaritar Prof.Hermógenes como um grande yogi entre os brasileiros. Hermógenes e seu Yogaterapia, como dissemos, se aproximou do cristianismo, denominando em suas falas, Jesus Cristo como o maior dos yogues que já viveu; algo similar ao mestre de yoga indiano Iyengar o fará também (Ibid.).

Repercussões e Legado:

O principal legado do Prof. Hermógenes ao yoga brasileiro foi o seu Yogaterapia. Sem dúvidas, este yogue se destacou pelo pioneirismo em associar o yoga aos aspectos holísticos de cura e prevenção de doença no Brasil. Mas ele vai além quando, influenciado pelo caráter igualmente terapêutico-religioso do espiritismo kardecista brasileiro, inventa um método de yoga simples, de fácil aprendizado e posturas com respiratórios onde qualquer um poderia realizar, e difunde ideias que associam saúde do corpo com elevação espiritual e autoconhecimento.

Por sua aproximação, como dissemos, do seu yogaterapia com o cristianismo e o espiritismo, é muito bem aceito entre a classe média carioca e, ao longo de sua vida, para todo o Brasil. Seus mais de 30 livros publicados em diversas outras línguas repercutem na ideia, ainda hoje forte no Brasil, de um yoga para a promoção da saúde; e suas aproximações com Sai Baba (apesar de não tão divulgada) e a religiosidade espírita brasileira, ajudaram a popularizar o yoga, meditação com o a fé em Deus (HERMÓGENES, 2005). São poucos os yogas (e yogues) hoje no Brasil que falaram tão abertamente de Deus como Hermógenes. Essa fato fez, ao mesmo tempo, algumas outras religiões olharem para o yoga como uma nova religião em desenvolvimento no país (APOLLONI, 2004).

.

(continua...)

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo